A- A A+ |
Sobral é tudo.
Sobral é da gente.
Sobral é agora.
Categorias
Palavras Chave

A vice-prefeita Christianne Coelho e a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), Sandra Arcanjo, inauguraram nesta sexta-feira (24/09), a Casa da Economia Solidária em Aracatiaçu. O novo equipamento vai servir como um ponto de apoio para produção e comercialização de peças de artesanato, produzidas pela comunidade local.

“A palha é um material característico da nossa região. Nós somos reconhecidos até internacionalmente por produzir chapéus de palha, por exemplo. Queremos que as pessoas mais jovens continuem esse trabalho já feito pelas gerações anteriores, porque artesanato é cultura. Essa casa é para que os artesãos gerem renda para suas famílias”, disse a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Sandra Arcanjo.

“Gostaria de ressaltar a vocação da nossa secretária Sandra Arcanjo em alavancar a economia solidária, a economia criativa e a agricultura Familiar no nosso município, gerando emprego, renda e dignidades para tantos sobralenses. A prova disso é esta Casa da Economia Solidaria de Aracatiaçu, que inauguramos agora. Além de ser muito importante para a comercialização dos artigos produzidos pela comunidade, ofertará também formação profissional e servirá como espaço de convivência, onde os artesãos e artesãs poderão se reunir para traçar projetos para o seu negócio. Parabéns e cuidem bem deste belíssimo equipamento”, ressaltou a vice-prefeita Christianne Coelho.

A sede da Casa da Economia Solidária fica na rua Cel. Rangel, 194, no Centro de Sobral e é coordenada pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Econômico (STDE), atendendo 16 grupos em vários segmentos, dentre eles artesanato, ateliê de costura, agricultura familiar e a gastronomia. São beneficiados agricultores, artesãos e empreendimentos solidários da sede e dos distritos de Jaibaras, Trapiá, Taperuaba e Aracatiaçu que, agora, conta com sua Casa da Economia Solidária na rua Francisco Ferreira Gomes, s/n no Centro.

 

Facebook